Caixa de comentários: cartão de visitas do seu blog

Promovendo seu blog escrito por

Comentar nos blogs que você lê é, sem dúvida, uma excelente maneira de divulgar seu blog: cria relacionamentos com outros blogueiros e leitores de blogs, ou seja, você passa a ter mais leitores; consegue links para seu blog, importante para os sites de busca; é bacana reconhecer o bom trabalho de quem tem o mesmo trabalho que você para blogar.

Porém, se não atentar para alguns critérios, sua imagem pode ficar bem ruim – e afastar novos leitores. Comentários relevantes e inteligentes vão atrair não somente o autor do post no qual você comentou, mas também os outros leitores do blog em questão. Por outro lado, comentários mal elaborados e agressivos vão afastar possíveis leitores.

Fiz, então, uma lista com algumas dicas para utilizar seus comentários em outros blogs de maneira positiva. Lembre-se: não é apenas o autor do post que recebeu seu comentário que lerá o que você escreveu. Outros leitores dele também lerão, ou seja, seus comentários criam uma imagem positiva ou negativa sobre você – e seu blog – para várias pessoas.

1. Leia e entenda o post antes de comentar

Parece bobagem falar isso, mas infelizmente muita gente não segue esta que é a dica mais básica na hora de comentar um post. Leia o texto inteiro, não apenas o primeiro e/ou o último parágrafo(s). Seu comentário deve ser baseado no que realmente está escrito no post, não no que você acha que entendeu.

2. Revise antes de enviar

Tenha, com os comentários que você escreve, o mesmo cuidado que tem com seus posts. Fuja do miguxês e da caixa alta (palavras e/ou frases inteiras com letra maiúscula, na internet significam que está gritando); cuide com a ortografia, a pontuação e a acentuação.

3. Procure blogs que tratem do mesmo assunto

Se o seu blog for de nicho, procure blogs que falem do mesmo assunto: o autor do blog e os leitores desse blog já estão interessados no tema sobre o qual você escreve, aproveite esta vantagem.

4. Acompanhe blogs

Use feeds/RSS para acompanhar blogs, assim você não perde/atrasa debates dos quais gostaria de ter participado enquanto o post ainda estava em destaque. Claro que você pode comentar posts antigos, mas opinar nos mais recentes aumenta suas chances de atrair leitores.

5. O comentário deve estar relacionado ao post

Quantas vezes você já encontrou, web afora, comentários do tipo “Legal seu blog, visite o meu!”? Provavelmente você passou batido e não visitou o blog do comentarista que sequer se deu ao trabalho de elaborar uma opinião sobre o post. Não mendigue visitas, faça por merece-las.

6. Seja educado, principalmente ao discordar do autor do post

Se você tem uma opinião contrária, tudo bem expressa-la, mas deve faze-lo com educação. Xingar, ofender, falar um monte de impropérios é totalmente desnecessário – e deixa sua imagem bem negativa. Se pensa haver algo errado no texto, releia com mais calma, talvez o erro não esteja no post e sim na sua interpretação. Caso o post seja realmente absurdo e você esteja com vontade de xingar muito, poupe energia para comentar textos interessantes e não comente, deixe isso para os trolls. Se realmente o texto estiver errado e/ou você discorda, comente educadamente e provavelmente o autor do post irá ler e pensar sobre o que você escreveu e corrigir a informação errada no texto.

7. Não comente só quando for pra discordar

Esta dica está relacionada à anterior. Como escrevi, é claro que você pode discordar do autor do post. Mas aparecer no espaço dele só quando quer discordar é muito chato, pra dizer o mínimo.

8. Identifique-se corretamente

Caixas de comentários geralmente possuem espaço para colocar seu nome e seu link: use estes espaços, não deixe links no meio do comentário. Inclusive muitos sistemas de comentários identificam isso como spam e assim sua opinião irá direto para o lixo, sem ser lida sequer pelo autor do post.

9. O comentário é realmente verdadeiro?

Se for escrever citando acontecimentos, procure fontes, certifique-se de que estas informações são verídicas. Não faça afirmações baseando-se em achismo.

10. Não peça parcerias nos comentários

Pedir troca de links é lamentável, é mendicância assim como pedir visitas.

Enfim, coloque-se no lugar do autor do post. Se você é ou almeja ser blogueiro, sabe que tipo de comentário gostaria de receber em seu blog. Porte-se em no espaço alheio como espera que ajam no seu e, provavelmente, a maioria dos seus comentaristas terá o mesmo perfil que você mesmo tem ao comentar em outros blogs. Se os frutos não vierem no curto prazo, virão no médio e longo prazo. =)

7 Comentários em Caixa de comentários: cartão de visitas do seu blog

  1. Ana Karenina em março 15, 2011

    olá Lis

    Eu sou leitora e comentarista frequente de alguns bons blogs, gosto de participar quando tenho alguma coisa relevante pra dizer, seja concordando ou discordando do autor. Mas infelizmente há blogueiros que gostam de incentivar comentários, mas desde que sejam coisas que ele concorde, já vi até isso claro em uma política de comentários: “só aprovo comentários que falem bem ou valorizem o meu trabalho”, daí notamos que debates saudáveis não são bem recebidos ali.

    Entendo que o dono do blog tem esse direito, mas quando ele restringe demais dessa forma a tendência é ter sempre perto de si comentaristas tendenciosos, puxa-sacos e falsos e nada se aprende com quem sempre concorda e elogio o que você faz.

    Penso que a blogosfera é um espaço diferente, que não veio apenas para informar, ela está aí pra gerar debates, interação e construção de conhecimento, por isso é importante comentar e ser comentado.

    Blogs onde não há liberdade de expressão eu não participo e não dou moral nenhuma, acho que devemos dar o exemplo e não querer somente que os outros façam por nós aquilo que queremos.

    Bom texto, é isso que penso sobre este assunto.

    @anakint

    1. Lis Comunello em março 16, 2011

      Olá, Ana!

      Realmente a postura dos blogs que você mencionou é lamentável. Precisamos entender que nem todo mundo pensa como a gente, sempre haverá quem discorde. E se alguém discorda educadamente, trazendo argumentos para embasar o ponto de vista, quem faz feio é o autor do post ao recusar estes comentários.

      Mas nem todo mundo entende e, como você disse, o dono do blog tem esse direito. Costumo dizer que, embora existam “regras” para o convívo na websfera, se quiser o blogueiro pode ir na contra-mão o tempo todo. Só que, óbvio, ele irá sofrer as consequências. Tudo tem seu preço, bancar o arrogante também. Só nos resta lamentar, usar como exemplo do que não fazer e ignorar, voltar nossa atenção aos blogs que realmente valem a pena.

      Obrigada pela visita, pelo comentário e volte sempre. =)

    2. Claudia Regina em março 28, 2011

      Oi Ana! Sabe que eu concordo 100% com você (e ser arrogante a ponto de só aceitar comentários que falam bem do blogueiro é triste) – mas gostaria de colocar uma opinião do meio hehehehe

      Como blogueira eu recebo muitos comentários que não são necessariamente concordando com a minha opinião, mas que também são grosseiros, mal educados ou simplesmente sem noção (tipo quando alguém comenta no meu vídeo que minha voz é sexy, um absurdo, já que esse não é o foco do vídeo.) Também tem aqueles que enviam um comentário do tipo “Vc é ridícula e não sabe de nada” – esses excluo sem medo de ser feliz. Quero que o espaço de comentários do meu blog fique com um nível de discussão saudável (ou seja, todos aprendam, e sem ofensas.) E deixo claro que meu blog não é democracia: se eu achei ofensivo, vou excluir.

      Mas acho que no fim das contas estamos no mesmo “barco” rs…

    3. M.s. Rodrigues em setembro 14, 2014

      Realmente, a palavra “crítica” perdeu seu significado etimológico pois só a vemos como algo negativo e não como algo com a função de engrandecer e como aprendizado em nossos trabalhos e em nossas vidas.

      1. Lis Comunello em setembro 15, 2014

        Cabe a cada um de nós usar a palavra da maneira correta sempre que recebemos críticas. :)

  2. jailton estevam em setembro 26, 2013

    olha eu gostei muito de tudo q tem aqui ajuda muito quem está começando c